Criação de PCI

  1. Para criar um novo instrumento sintético (a seguir- PCI) pelo método PQM, clique com botão direito do mouse na janela "Cotações atuais" de terminal NetTradeX PC e no menu aberto selecione "Criar PCI".

  2. Na janela aberta "Criar Instrumento Pessoal Composto", você terá que especificar os ativos que devem ser incluídos no seu PCI base e cotado.Por isso, seja necesario encontrar os ativos que você precisa na lista "Ativos Disponiveis"(”Available Assets”).Vamos criar, por exemplo, o novo PCI , em que em uma carteira básica de CFD em futuros de  várias culturas, e na parte cotada de carteira de ouro e prata.

    Selecione o ativo pelo clique do mouse, pressione em definição de  movimento (">") para transferir o activo na tabela "parte de base" ("Base") ou "parte cotada" ("Quotation"). Em resultado, a linha de ativo selecionado aparece na tabela, e o nome deste ativo é removido da Lista de ativos disponíveis, porque cada ativo poderá entrar em uma das tabelas de PCI criado somente uma vez.

    Em seguida, você precisa especificar a proporção de cada ativo incluído no PCI.
    Isto pode ser feito de uma de três maneiras:
    1. Em unidades de ativos no "Volume";
    2. Em valor percentual do ativo (em USD) de volume definido limitado,  (USD) no campo "Porcentagem";
    3. No valor do activo no campo "Volume [USD]". Notemos que no segundo e terceiro método o valor dos ativos em dólares são tomadas no momento de criar o PCI .

    Exemplo 1.

    Neste exemplo, a parte de base - é 1 contrato sobre o índice Nd100, e parte cotada - 1 contrato em indice SP500. Este PCI permite a oportunidade conveniente de  do comércio com spread (pares) de dois ativos - o índice de ações de empresa de alta tecnologia Nd100 e o amplo índice de ações SP500.

    Salvemos este PCI sob o nome proposto pelo terminal: “&Nd100/SP500”.

    Exemplo 2.

    No Exemplo 2 ativos da porção de base (produtos à base de cereais CFD de várias espécies), damos em percentagens iguais do valor-limite de 100.000 dólares, e os ativos do parte citada  damos em percentagens de unidades em termos de total de ativos - 40 onças de ouro e 2.000 onças de prata.

  3. Para completar a criação de um novo PCI você precisará escolher um nome e salvar a nova ferramenta. Se você selecionar opção "Salvar", o PCI será salvo com o nome de uma determinada estrutura, o que inclui os nomes de seus ativos, mas não mais do que 20 caracteres. No Exemplo 2, selecionemos "Salvar como" e no campo "Nome" escrevemos “&grain/presious_met” e cliquemos em "Salvar".

  4. Para completar a criação de PCI feche a janela pelo botão "Fechar" (você pode escolher entre dois processos "Fechar e adicionar aos instrumentos utilizados").

    Você criou com sucesso o seu primeiro PCI. Após a criação de PCI, você pode adicioná-lo à lista de instrumentos utilizados, abrir o grafico de histórico de preços, começar a análise técnica de instrumento criado uma negociar com o novo instrumento.

    Um PCI pode ter não mais de 25 ativos (totais na parte base e cotada). Até 100 PCIs podem ser criados em uma conta comercial. Número de PCI na lista dos instrumentos utilizados (para comercio e capacidade de criar gráficos) não excede 10 unidades por área de trabalho. A parte de base ea parte cotada dum PCI podem incluir os mesmos ativos, incluindo o USD.



  5. Características de cálculo das cotações atuais de PCI

    As cotações atuais de PCI são calculadas a partir dos preços atuais de venda e compra de todos os componentes, levando em consideração o seu valor na estrutura geral do instrumento. Na hora de receber uma nova marca (alterações da cotação) de qualquer um dos componentes do PCI, o servidor de terminal NetTradeX executa um cálculo para a compra e venda convencional de unidade PCI, que fornece as valores atuais de venda e compra para PCI.

    O preço de PCI é igual ao valor dos componentes de base, calculados em USD, dividido pelo valor dos componentes cotados em USD nos volumes definidos de todos os componentes. No momento da criação o preço inicial do PCI é calculado como o valor Total atual [USD] da parte base, dividido pelo Total atual [USD] da parte cotada. No nosso exemplo 2 teremos 100.000 / 91141,20 = 1,0972.

    Suponhamos que tenha passado muito tempo após a criação deste instrumento pessoal e as cotações dos seus componentes tenha mudado significativamente. Vamos ilustrar os cálculos para uma transação real de compra da nossa unidade PCI. Na janela de posições abertas aparecerá uma linha com uma posição de compra para o nosso PCI.

    A cotação de PCI (Ask) é calculada às volumes inicialmente indicados para todos os componentes do PCI e é igual a (68.49 * 377.8+72.48 * 348.3+23.46 * 1026.9+42.85 * 544.8) / (2000*17.195+40 * 1228.66) = 1.17986.

    Deve-se prestar atenção as seguintes especificações das transações com os componentes PCI

    As transações com os componentes de base do instrumento pessoal são realizadas em volumes definidos durante a criação deste instrumento.

    As transações com os componentes cotados do instrumento pessoal são realizados em volumes calculados- os volumes dos componentes primeiramente definidos são multiplicados pela cotacão atual do PCI. Por exemplo, o volume para a plata será igual às 2000*1.17986 = 2359 onças.

    Se o volume do PCI não é igual a 1, todos os volumes dos componentes vão ser normalizados para o volume de PCI.

    O cálculo preliminar dos volumes dos componentes de PCI podem ser visto na seção “Posição de base do PCI possível” da caixa de diálogo “Transacção”.

    Devemos notar que durante a realização dos transações: 1) A soma dos valores (em USD) dos componentes de base é igual à soma dos valores (em USD) dos componentes cotados; 2) A porcentagem de cada componente (em USD) é mantida igual à percentagem inicial, definida durante a criação do PCI. Por exemplo, a relação determinada de volumes dos componentes XAG e XAU, igual a 2000/40 = 50, também é mantida durante as transações convencionais: 2194.40/43.89 = 50.

    Vamos notar que no terminal do cliente existem as posições abertas dos nossos PCI, bem como as posições sobre os seus componentes. As transações sobre os componentes são recebidas (e as posições sobre os componentes estão sendo abertas) no servidor da plataforma NetTradeX, onde ocorre a cobertura e a transferência de posições dos componentes aos provedores de liquidez.

  6. Importação / Exportação de PCI .

    PCIs criados por você são guardados no servidor da plataforma NeTradeX. Se você remover um PCI específico em seu terminal NeTradeX (veja a função "Remover" na fig. abaixo), ele será removido do servidor. Mas você pode guardar os seus PCIs em seus meios de comunicação electrónicos o no seu PC.

    Exportação de PCI.

    Você pode transferir o seu PCI criado no disco como um arquivo com a extensão ".pci". Para fazer isso, na janela "Cotações atuais" deve-se selecionar a opção "Adicionar instrumentos ..." e na caixa de diálogo aberta "Diretório de Instrumentos" na linha "Meus Instruments" expandir a lista de seus PCIs.

    Em seguida na linha com o nome do PCI exportado abrir o menu contextual (clicando com o botão direito do mouse) e selecionar a função "Exportar" - no diálogo padrão aberto guardar o arquivo com a extensão .pci na pasta desejada no disco.

    O nome do arquivo pode ser diferente do nome do PCI. Além disso, se o nome da ferramenta tem um símbolo de barra “/”,em seguida, no nome do arquivo do PCI este símbolo deve ser substituído por um símbolo diferente.

    Importação de PCI.

    Para importar um arquivo com a extensão .pci, deve-se na janela de terminal "Cotações atuais" selecionar a opção "Adicionar instrumentos ..." e na caixa de diálogo aberta "Diretório de Instrumentos" na linha "Meus Instruments" rir o menu contextual (clicando com o botão direito do mouse). Em seguida deve-se escolher a função "Exportar"- no diálogo padrão aberto escolher o arquivo com a extensão .pci no disco e carregar este arquivo para o terminal NetTradeX.

    Em particular, este arquivo pode estar a partir da Biblioteca PCI no site da empresa. Este arquivo com o PCI da Biblioteca primeiramente deve ser lido a partir da página correspondente do site e ser gravado numa pasta no disco rígido do computador do usuário.