Trabalho com padrões gráficos

Nos gráficos de instrumentos financeiros, você pode guardar o pacote com Indicadores e Objetos gráficos que tinham sido instalados neste gráfico (com suas configurações atuais), bem como outras configurações de gráficos. Este pacote é conhecido como Padrão gráfico. Padrões gráficos são guardados no computador do usuário, e os usuários atribuem nomes a cada padrão. A partir dos modelos, você pode transferir facilmente as configurações (indicadores, objetos e outras configurações) dum gráfico para o outro.

1. Trabalho com padrões gráficos.

Para usar os padrões gráficos, clique com o botão direito do mouse sobre a janela ativa do gráfico eselecione "Padrões" a partir do menu contextual aberto.

Isso abrirá uma janela com a função "Salvar o gráfico como padrão..." na primeira linha, com a lista de padrões existentes, e depois da linha horizontal, os nomes dos grupos de modelos nas linhas subsequentes. Qualquer subconjunto de padrões pode ser combinado num grupo nomeado. Quando você passa o mouse sobre o nome do grupo, abra-se uma janela com a lista de padrões de grupo.

a) Clicando com o botão esquerdo do mouse sobre a função "Salvar o gráfico como padrão...", se abrirá o diálogo "Adicionar padrão gráfico", onde deve-se digitar o nome do padrão na janela aberta, assim como no grupo de padrões, se necessário, e pressionar o botão "OK" para guardar este padrão. Você pode adicionar um novo padrão ao grupo existente ou criar um novo grupo ou não adicioná-lo a qualquer grupo.

b) Se selecionamos o nome do padrão da lista a partir do botão esquerdo do mouse, então o gráfico atual tomará todas as configurações do padrão, incluindo indicadores e objetos gráficos.

2. Exportação de padrões.

Para a exportação de padrões gráficos, deve-se selecionar o guia "Configurações" a partir do menu principal de terminal e na lista aberta escolher a função "Exportação...".

Então, no diálogo "Exportação de configurações" você pode colocar um rótulo sobre aquelas configurações, que desejar exportar. No exemplo dado da exportação, todos os padrões gráficos são escolhidos. A partir do botão Exportação você pode salvar um arquivo com os padrões escolhidos para o seu disco sob a extensão "tte".

3. Trabalho com a lista de padrões gráficos.

Para remover o padrão da lista (da base de padrões do terminal) deve-se selecionar “Padrões gráficos...” a partir do menu “Configurações” – :

No diálogo aberto deve-se selecionar os padrões removíveis e pressionar o botão "Remover", então o bottom "Sim" (em resposta a pergunta esclarecedora) eo botão "OK" para fechar o diálogo.

Além disso, nesta caixa de diálogo, você pode definir a visibilidade dos padrões na lista de padrões do terminal, mover os padrões para cima ou para baixo na lista. Na coluna "Grupo", você pode adicionar o padrão a qualquer grupo ou remover o padrão de todos os grupos. Além dos padrões criados pelo usuário, você pode usar padrões predefinidos do sistema - no terminal há 4 tais padrões de sistema, que são apenas exemplos de possíveis configurações gráficas, e, por isso, não podem ser removidos.