Mercado cai apesar da China afirmar que abrirá mais o mercado

  • IFC Markets
    2019/07/15
  • IFC Markets
    2019/07/08
  • IFC Markets
    2019/07/01
  • IFC Markets
    2019/06/24
  • IFC Markets
    2019/06/17
  • IFC Markets
    2019/06/10
  • IFC Markets
    2019/06/03
  • IFC Markets
    2019/05/27
Suscríbase a nuestro canal de YouTube y reciba los nuevos vídeos de IFC Markets

A incerteza sobre o resultado das negociações comerciais reaberta entre EUA e China pesou sobre as ações globais na semana passada, apesar dos relatos de que a China está preparada para permitir às corporações estrangeiras maior acesso ao mercado chinês. O mercado de ações dos EUA estendeu as perdas: o SP 500 caiu 1,2%, liderado pelas ações de assistência médica, enquanto o índice ICE ganhou $0,1%.

O FTSE 100, de Londres, foi o único índice de ações entre os cinco maiores índices globais, que conseguiu terminar em alta. Nikkei registrou a maior perda: caiu 1,4%. Metade dos seis principais pares de moedas inverteu a dinâmica da semana anterior, enquanto o intervalo de flutuações não se alterou significativamente. A libra britânica foi a líder em termos de variação percentual: ficou 1,3% mais baixa em relação ao dólar dos EUA, com o primeiro-ministro do Reino Unido, May, adiando a votação parlamentar sobre o acordo Brexit.

Nesta semana, os formuladores de políticas monetárias estarão novamente em foco, à medida que a Reserva Federal e o Banco do Japão realizarem sua última reunião de política do ano. Investidores acompanharão de perto a conferência de imprensa do presidente Jerome Powell, com a especulação de que o banco central vai desacelerar seu aperto monetário após sinais de que o crescimento global pode estar desacelerando.

Nova ferramenta analítica exclusiva

Qualquer período- de 1 dia a 1 ano

Todos os grupos- Forex, Ações, Índices, etc.